2as Maiores – à conversa com Catarina Rebelo

2as Maiores – à conversa com Catarina Rebelo

... tive o privilégio de estudar e trabalhar: Luís Carvalho, Manuel Moura, António Saiote, Iva Barbosa, Thomas Friedli, Josep Fuster, Etienne Lamaison.

Yamaha: Como foi o teu primeiro contacto com a música?
Catarina Rebelo: O meu primeiro contato com a música foi na altura do liceu, nas aulas de educação musical. Mas só conheci o clarinete quando comecei a frequentar uma escola de música não oficial, da minha terra natal (Canedo) e ao mesmo tempo entrei para a Banda Musical de Lever.

Yamaha: Quais são as tuas maiores influências na música?
Catarina Rebelo: Ao longo do meu percurso muitos foram os que me inspiraram e influenciaram. Não posso deixar de referir sobretudo os professores com quem tive o privilégio de estudar e trabalhar: Luís Carvalho, Manuel Moura, António Saiote, Iva Barbosa, Thomas Friedli, Josep Fuster, Etienne Lamaison. Acredito que, para formamos a nossa própria “personalidade musical”, necessitamos de conhecer e trabalhar com diferentes pessoas. Eles foram sem dúvida a minha maior influência. Hoje em dia muitos são os que me continuam a inspirar.

Yamaha: Que importância tem a música na tua vida?
Catarina Rebelo: A mesma que o ar tem na vida de qualquer ser humano, é indispensável.

Yamaha: Fala-nos um pouco dos teus projetos atuais?
Catarina Rebelo: Sou professora no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga, realizo concertos de música de câmara com o trio de clarinete, violoncelo e piano e com o quinteto de sopros. Além disso tenho concertos regulares com a Orquestra e Banda Sinfónica de Santa Maria da Feira. Um dos meus sonhos será realizar um CD de música de Câmara – O clarinete em diferentes formações de Música de Câmara.

Yamaha: Podes falar-nos um pouco sobre o material que estás a usar e porque escolheste Yamaha?
Catarina Rebelo: Toco com o clarinete CSG III, pois é um instrumento extremamente versátil e que me permite obter os resultados que quero com bastante facilidade, em qualquer contexto musical.

Yamaha: Alguma mensagem final os jovens músicos?
Catarina Rebelo: A base de qualquer aprendizagem é o estudo. Na música além do estudo é necessária uma dedicação e entrega para a vida inteira. Portanto, por muito difícil que seja estudem e entreguem-se. Tudo é possível. Quando achares que já deste tudo, entrega-te e ultrapassa-te pois com certeza terás muito mais para dar. Have fun ;-)

Catarina Rebelo utiliza:

  • Clarinete Yamaha YCL-CSGIII

Links relacionados:

#2asMaiores

Siga-nos nas nossas redes sociais: