2as Maiores – à conversa com Henk van Twillert

2asMaiores com Henk van Twillert

Henk van Twillert é professor de saxofone na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto, onde formou a Orquestra Portuguesa de Saxofones Vento do Norte.

Foi, durante 25 anos, professor de saxofone no Conservatório de Amesterdão. Divide se entre o amor pela música e o ensino, combinando concertos, workshops e masterclasses em diferentes locais do mundo. No bolso, leva sempre o seu programa de música especial para as crianças “Stars of the Future”.

Yamaha: Como foi o teu primeiro contacto com a música?
Henk van Twillert: Fantástico. Na minha família existem muitos músicos e fui influenciado pelo meu tio (compositor e contrabaixista) e pelos meus irmãos mais velhos, principalmente o meu irmão organista Willem van Twillert que, tocava na altura com o clarinetista solista da Orquestra filarmônica de Roterdão, Henk de Graaf que, foi também o meu primeiro professor de clarinete. Claro que ajudava ele viver em frente à nossa casa. Mesmo antes de começar a aprender clarinete o meu irmão Willem leva-me com ele para virar as páginas nos ensaios. Depois, mudei para o saxofone e recebi aulas com o saxofonista e clarinetista, Jaques Landa, do The Netherlands Saxophone Quartet. E o gosto pela música clássica, principalmente, barroco foi crescendo dentro de mim.

Yamaha: Quais são as tuas maiores influências na música?
Henk van Twillert: Música barroca, especialmente, J.S. Bach, Mozart e outros compositores desse período. E claro, os saxofonistas de jazz Sonny Rollings, Gerry Mulligan e Johnny Hodges. Mais tarde Astor Piazzolla, Duke Ellington, Bernstein e Nina Simone. Os compositores contemporâneos Chiel Meijering, Gijs van Dijk Philip Glass and Pierre Boulez. E também, um grande álbum que me tem acompanhado toda ao longo da vida, é álbum a solo do Richard Wright, "Wet Dream", com o saxofonista Mel Collins.

Yamaha: Que importância tem a música na tua vida?
Henk van Twillert: Quando era jovem, gostava muito de música e sentia-me bem a tocar e aprender, mas não sabia ainda da importância da música para mim. Mais tarde, e hoje sei que a música faz de mim quem sou e o que sou. A música faz parte de mim. Agora tenho o privilégio de viver a ensinar e a tocar com gente jovem... um sonho!

Yamaha: Fala-nos um pouco dos teus projetos atuais?
Henk van Twillert: Em agosto de 2019 gravei um novo CD com a Ensemble de saxofones Vento do Norte que vai ser lançado em Novembro. Estou a preparar um CD com música de J.S. Bach e um terceiro CD a Orquestra Portuguesa de Saxofones com musica de compositores Portugueses. A par com estas novas gravações estou a preparar a celebração dos 40 Anos de carreira, que irá acontecer dia 30 Novembro, no teatro Aveirense em Aveiro. Save the Date!

Yamaha: Podes falar-nos um pouco sobre o material que estás a usar e porque escolheste e Yamaha?
Henk van Twillert: Em 1989 juntamente com o Quarteto de saxofones de Amsterdão tive o meu primeiro saxofone barítono Yamaha. E foi amor à primeira vista. No momento que experimentei o saxofone senti que o saxofone era parte de mim, anatomicamente o saxofone ligava-se a mim e respondia em termos de som e cor ao som imaginado na minha cabeça. Tinha encontrado o meu melhor companheiro para a vida.

Yamaha: Alguma mensagem final os jovens músicos?
Henk van Twillert: Estuda, trabalha e mantém o teu foco. Usa a tua imaginação e luta pelos teus sonhos! Sente e vive o privilégio daquilo que estas a fazer, a estudar ou tocar... And don't forget .... Music Makes Friends

Henk van Twillert utiliza:

  • Saxofone Soprano Yamaha YSS-875EX
  • Saxofone Alto Yamaha YAS-875EX
  • Saxofone Tenor Yamaha YTS-875EX
  • Saxofone Barítono Yamaha YBS-62

#2asMaiores

Siga-nos nas nossas redes sociais: